Você sabe qual seu custo por quilômetro rodado?

Com um cálculo bem simples, você poderá passar a controlar seu custo por quilômetro rodado com pneus. Com este resultado você poderá comprovar que o pneu recapado é mais econômico.

Mas é importante que você recape na hora certa, preservando o maior patrimônio do pneu: a carcaça. Aprenda então a controlar seus custos com pneus através do cálculo do CPK, ou seja, do custo por quilômetro rodado.

Com o cálculo abaixo, você vai obter o custo com o pneu a cada 1.000 quilômetros. Para saber o custo por quilômetro, portanto, basta dividir o resultado por mil.

Faça as contas. É muito importante que você conheça seus números na hora de escolher seu pneu novo ou a recapagem. Não se esqueça que a melhor forma de ganhar dinheiro hoje é baixando custos.

CPK =
Investimento Total
=
$ Novo + $ Rec
Km Rodado Total
Km Novo + Km Rec

EXEMPLO:
Pneu novo: Custou R$ 650,00 e rodou 100.000 km
1ª Reforma: Custou R$ 170,00 e rodou 100.000 km
2ª Reforma: Custou R$ 170,00 e rodou 90.000 km

CPK =
650+170+170
=
990
R$ 3,41 para cada 1000 km
100+100+90
290

Como você pode ver, o importante não é apenas quanto se paga na recapagem e sim o quanto se economiza durante a vida da carcaça. Ou seja, quanto maior a quilometragem, menor o custo e maior a economia.

CONSTRUÇÃO DO PNEU RADIAL
CONSTRUÇÃO DO PNEU DIAGONAL
Cuidados para aumentar a vida útil dos seus pneus:

O desalinhamento de rodas contribui para o desgaste excessivo e irregular dos pneus, resultando num desgaste adicional da ordem de 25%, provocando, com isso, o aumento do custo por quilômetro.

Da mesma forma, os problemas mecânicos e o balanceamento incorreto podem gerar desgastes irregulares das bandas e até 20% de perda no rendimento dos pneus.


VEJA COMO REDUZIR CUSTO POR KM RODADO: