FILHOS
 

 

As fases do desenvolvimento

 

As reportagens “Quando o bruto se derrete” e “Amar é...”, da edição passada, foram o início de uma série em que a Carga Pesada vai tratar de assuntos relacionados com a criação dos filhos, coisas para o caminhoneiro ler ao lado de sua mulher.

A partir desta edição, estaremos publicando uma série de textos do psicólogo Ivan Capelatto, de Campinas (SP), nos quais ele trata do desenvolvimento psíquico (emocional) das crianças, desde que nascem até o final da adolescência, lá pelos 18 anos. São textos originalmente publicados na revista Vir a Ser, publicada por psicólogos e dedicada exclusivamente a assuntos de família.

As fases do desenvolvimento psíquico são cinco:
- fase oral (do nascimento até os 18 meses);
- fase anal (recebe este nome porque se inicia quando a criança começa a controlar o cocô e o xixi, aos 18 meses, e vai até os 4 anos e meio);
- fase fálica (a fase da descoberta sexual, dos 4 anos e meio aos 6);
- latência (dos 6 aos 11 anos); - adolescência (dos 11 aos 18 anos).

No abaixo, trazemos o primeiro texto de Capelatto, sobre a fase oral, aquela em que a criança percebe o mundo através da boca. Você, leitor ou leitora, vai gostar muito da linguagem do Capelatto, que não tem nada de difícil. Compreendendo o que se passa com a criança nos primeiros meses de vida, a mãe, o pai ou qualquer outra pessoa que seja responsável por ela terá condições de agir de forma a permitir que a criança cresça saudável de corpo e de mente. Boa leitura. (Chico Amaro)

 
     
   
   
     
 
Faixa contínua
Parachoque
Paisagem
Câmbio
Parabrisa
O jornal do filho do caminhneiro