Scania500K

8 DE MARÇO: Que venham mais mulheres

Pinterest LinkedIn Tumblr +
Consorcio-Fenatran2024

Empresas se empenham em aumentar a presença feminina no setor de transporte

Valorizar a participação da mulher no transporte de cargas vem sendo prioridade para várias empresas, entre elas a Mercedes-Benz, que lançou recentemente a campanha “O Grito Delas”, e a transportadora Jamef, que tem buscado aumentar o número de mulheres entre os colaboradores.

“Mais do que uma voz, a campanha da Mercedes-Benz é um grito de apoio a essas profissionais e a todas as mulheres que desejam se tornar caminhoneiras”, diz Ebru Semizer, gerente sênior de Marketing Comunicação & Inteligência de Mercado Caminhões da Mercedes-Benz do Brasil.

Ebru Semizer, gerente sênior de Marketing Comunicação & Inteligência de Mercado Caminhões

A campanha faz parte do projeto Movimento A Voz Delas, que a montadora criou justamente com o propósito de ouvir as histórias de mulheres que trabalham nas estradas, visando encontrar maneiras de transformar suas realidades. “E para que esse grito seja cada vez mais alto, precisamos que mais pessoas e mais parceiros juntem-se a nós”.

Leias mais

Dados da Secretaria Nacional de Trânsito apontam que o Brasil possui aproximadamente 4,39 milhões de Carteiras Nacionais de Habilitação para veículos pesados, sendo 97,19% de homens e apenas de 2,81% mulheres.

Embora a presença feminina ainda seja modesta no país, a Jamef tem como propósito incentivar a participação das profissionais na área. Atualmente, a empresa conta com cerca de 4 mil colaboradores, dos quais 680 são mulheres.

Em 2022, a Jamef observou um crescimento de 160% no número de mulheres contratadas. Um avanço ao percentual já expressivo que havia sido observado em 2021, que foi de 85%.

A motorista Kelly Cristine sempre sonhou em trabalhar com transporte de cargas e percebe que a mulher está ocupando cada vez mais espaço no ramo. “Estar na Jamef é uma conquista na minha carreira, porque sei que aqui só entram os melhores”, declara.

Kelly Cristine, da Jamef

Leia mais

Outra empresa que está preocupada com a presença feminina na boleia é a Engemix, que acaba de contratar a maranhense Maria Zeneide Pereira da Silva (foto em destaque na página), de 42 anos, para pilotar uma betoneira em São Paulo. É a primeira mulher na função.

Leia mais

Truckscontrol
Compartilhar

Deixe um comentário