Scania500K

Bia Figueiredo dá recado para caminhoneiras

Pinterest LinkedIn Tumblr +
Consorcio-Fenatran2024

Primeira mulher a se destacar no automobilismo diz que motoristas de caminhão são suas “ídolas”

Reportagem: Leiliani de Castro

O 2º Fórum de Mulheres no Transporte e Logística, realizado pelo Movimento Rota Feminina no último dia 10 no Sest Senat de Campinas, contou com uma palestra magna de Bia Figueiredo, a primeira brasileira a correr em uma categoria top do automobilismo mundial, a Fórmula Indy e a primeira do mundo a vencer na Indy Lights.

Precursora em diversas atividades, ela também é a primeira mulher a integrar uma equipe da Copa Truck.

Depois da palestra no Fórum, Bia Figueiredo concedeu uma entrevista à repórter da Revista Carga Pesada, Leiliani de Castro. E deixou um recado para as caminhoneiras, a quem ela chama de “minhas ídolas”. “É um desafio muito grande, um desafio cultural, social, ser hoje uma motorista. São muitos os desafios, de perigo na estrada, de deixar a família. Então, realmente, tem que ter muita paixão para ser uma motorista, mas é muito importante que elas continuem na luta pra gente.”

Confira no vídeo:

Bia Figueiredo também é a única a vencer na Fórmula Renault; a única a conquistar uma pole na Fórmula 3; a primeira brasileira a conquistar um lugar no grid e a disputar as 500 Milhas de Indianápolis, além de um campeonato integral da Fórmula Indy.

No Brasil, Bia Figueiredo disputou cinco temporadas da Stock Car e fez história ao participar das 500 Milhas de Daytona em uma equipe de pilotos formada por mulheres.

Em 2020, tornou-se mãe de dois meninos, e após 50 dias já estava de volta às pistas. Atualmente, é também a representante da América do Sul na Comissão de Mulheres da FIA, e é uma grande parceira do movimento, por isso foi escalada a compartilhar toda sua experiência com os presentes.

Fórum de Mulheres superou as expectativas

Truckscontrol
Compartilhar

Deixe um comentário