Scania500K

Campeão de vendas, Accelo completa 20 anos

Pinterest LinkedIn Tumblr +
Consorcio-Fenatran2024

Podcast da Revista Carga Pesada mostra test drive feito com o caminhão da Mercedes-Benz

Ele foi concebido com a difícil missão de substituir o popular Mercedinho. E não deixou a desejar. O Accelo, que completa 20 anos, tornou-se um campeão de vendas da Mercedes-Benz. Já foram comercializadas mais de 90 mil unidades desde seu lançamento, o que representa uma média de cerca de 4,5 mil veículos emplacados por ano.

Para comemorar o aniversário de 20 anos, a Carga Pesada fez um episódio especial de seu podcast, que pode ser visto abaixo. A reportagem resgatou o vídeo de um test drive realizado pela editora da revista, Dilene Antonucci, em 2020, sob supervisão do mestre João Moita, instrutor de caminhão, considerado o Embaixador das Estradas da Mercedes-Benz. Ela dirigiu um Accelo 13.16 pela Rodovia Anchieta, em São Paulo.

O resultado é impressionante. Carregado com 13 toneladas, o caminhão fez 6,3 km por litro, com uma velocidade média de 48 km. “O Accelo impressiona pelo conforto da cabine, pelo câmbio automatizado e pela média de consumo. Tem muito carro de passeio que não consegue a mesma média”, destaca Antonucci.

No vídeo, Moita lista alguns itens de segurança presentes no caminhão: ABS (sistema antitravamento de rodas), ASR (controle de tração), EBD (distribuição eletrônica de frenagem). O motor do Accelo é o mesmo utilizado pela Mercedes-Benz nos caminhões semipesados de 17 toneladas. “Ou seja, sobra potência e torque”, observa a editora.

SEGMENTAÇÃO

Segundo balanço da Mercedes-Benz, o modelo mais vendido nesses 20 anos em que o caminhão está no mercado é o leve Accelo 815, que chegou às concessionárias em 2012. Até o meio deste ano, a montadora havia vendido 33.387 unidades dele.

O segundo modelo mais vendido é o leve Accelo 1016, também desde 2012, com 32.932 unidades emplacadas.

O modelo médio Accelo 1316 6×2, que entrou no mercado em 2015, teve 4.031 unidades comercializadas.

CABINE

De acordo com a Mercedes-Benz, o Accelo inovou no mercado com o conceito de cabine home office, com interior parecido ao de um automóvel. Isso inclui vários porta-objetos, encosto reclinável tipo mesa, volante similar ao de um automóvel, coluna de direção regulável, cintos de segurança de três pontos, painel com computador de bordo e sistema de diagnose, vidros elétricos, espelho com regulagem elétrica, ar condicionado e cobertura de degraus.

Outro destaque do Accelo está no fato de que esta foi a primeira linha de caminhões leves a comercializar o câmbio automatizado.

VISÃO DO CLIENTE

Flávio Cristiano das Dores

Entre as principais aplicações do caminhão, está o guincho de autossocorro. Um dos clientes da Mercedes-Benz, Flávio Cristiano das Dores, da empresa Comercial Flavinho, atesta a boa performance do veículo: “Em termos de robustez e durabilidade, que são muito importantes no setor de guincho de autossocorro, o caminhão Mercedes-Benz sai na frente em relação à concorrência. Um Accelo 1316 da nossa frota, de 2015, chegou a 400.000 km com baixa manutenção e ainda não pretendemos trocar por outro”, avalia. “O trem de força do Accelo é muito bom, principalmente porque é semelhante ao de um caminhão toco como o Atego 1419”, complementa

O cliente também destaca a economia oferecida por esses caminhões. “O Accelo sempre teve o melhor consumo da categoria, com diferença de 10 a 15% a menos que outros modelos do mercado”, afirma Flavinho

EURO 6

A atual linha de caminhões Mercedes-Benz Accelo, que atende à legislação Proconve P8 (Euro 6), chegou ao mercado com nova denominação: os leves Accelo 817 (8.300 kg de PBT) e Accelo 1017 (9.600 kg de PBT) e o médio Accelo 1317 6×2 (13.000 kg de PBT). Eles são equipados com o motor mais robusto do mercado, o que é muito importante nas severas operações de distribuição urbana e na circulação no interior dos bairros. Além disso, são indicados para viagens intermunicipais, curtas distâncias rodoviárias e transporte em áreas rurais e também atendem a legislações de restrição de circulação, como o VUC (Veículo Urbano de Carga).

“O motor OM 924 LA com tecnologia BlueTec 6 ganhou 5% de potência, oferecendo agora 163 cavalos. Além disso, o torque de 610 Nm se estende aos três novos modelos Euro 6”, diz Jefferson Ferrarez, o novo vice-presidente de Vendas, Marketing e Peças & Serviços Caminhões da montadora no Brasil.

A linha Accelo 2023 trouxe novidades externas na cabina, a começar pelo espelho auxiliar, espelho frontal de aproximação e DRL (luz diurna de rodagem) de LED. Internamente, destaca-se a nova coluna de direção ajustável em 13 graus (mais 5 graus para cima e menos 8 graus para baixo). Isso significa 30% a mais de ajustes em relação ao Accelo Euro 5. A alavanca do câmbio automatizado está posicionada na coluna de direção, solução que oferece praticidade ao motorista.

Truckscontrol
Compartilhar

Deixe um comentário