Consorcio-Fenatran2024

FENATRAN 2022: Iveco destaca energias alternativas

Pinterest LinkedIn Tumblr +
Consorcio-Fenatran2024

Caminhões a gás e a Daily elétrica foram destaque na feira, ao lado do novo S-Way

Durante a Fenatran, a Iveco – que comemora 25 anos no Brasil -, apresentou produtos alinhados à agenda mundial de soluções com mais tecnologia para redução das emissões de poluentes. Em 2021, o Iveco Group aderiu ao Climate Pledge, assumindo o compromisso de zerar as emissões líquidas de carbono até 2040 – dez anos antes do prazo estabelecido pelo Acordo de Paris.

Além da apresentação de toda a linha renovada na motorização Euro 6, tiveram destaque no estande da montadora os lançamentos a gás e a Daily elétrica.

O S-Way NG é a versão do novo extrapesado da marca movido a gás natural (comprimido ou biometano). O veículo conta com motorização de 460cv, a mais potente do mercado, e tem capacidade total de 960 litros (240 m3).

Outro integrante da família NG é o Tector, que também ganha seu modelo movido a gás natural. A versão de 16 toneladas se torna o primeiro veículo da categoria a ser comercializado com propulsão alternativa.

Como destaque, a marca também apresentou a eDaily, versão elétrica da já consagrada família Daily, que terá versões de 3,5 a 7,2t e trará o estado da arte em veículos urbanos de carga elétricos para o mercado nacional. O modelo mantém todas as características já aprovadas pelos clientes, agora com emissão zero.

“Não tem volta. Os veículos alternativos são o futuro tanto no segmento de leves como de pesados. E a gente vem trabalhando nisso. A Iveco é uma das líderes globais em combustíveis alternativos”, afirma o gerente de Vendas Corporativas e Vendas ao Governo da montadora, George Ricardo Carloto.

Ele ressalta que o Brasil ainda tem desafios para superar em termos de infraestrutura para a diversificação dos combustíveis, inclusive no caso do abastecimento de caminhões com GNV. “Tem regiões que a malha de abastecimento de GVN está pronta e tem outras nas quais precisa ser desenvolvida.”

Carloto destaca que o caminhão a gás da Iveco, o Tector 16-210 NG, produzido na Argentina, oferece um grande benefício ao cliente porque pode ser abastecido tanto com GNV como com biometano. “Então existe essa alternativa porque o biometano é uma das maiores riquezas que o Brasil possui.”

Segundo ele, a Iveco trabalha “de mãos dadas” com a indústria de gás para prover todo o País com estrutura de abastecimento.

E ressalta que a rede concessionária da montadora também precisa ser preparada para a disseminação dos veículos a gás. “Para receber um caminhão a gás não pode ser na mesma estrutura que o diesel é atendido. Existe toda uma preparação por trás: estrutura, treinamento, ferramentais específicos”, exemplifica.

Carloto avalia de forma muito positiva a participação da Iveco na Fenatran, onde a montadora coletou mais de 5 mil intenções de compra. E diz que a participação da marca teve como a “cereja do bolo” o recém-lançado S-Way. “É um caminhão totalmente novo, mais conforto mais tecnologia, melhor desempenho. E que conta com um sistema exclusivo de recirculação de gases, o Hi-SCR – sistema que dispensa o EGR (recirculação de gases).”

Veja edição digital clicando aqui.

Truckscontrol
Compartilhar

Deixe um comentário