Consorcio-Fenatran2024

No combate à violência contra a mulher

Pinterest LinkedIn Tumblr +
Consorcio-Fenatran2024

Vez&Voz participa de workshop do Agosto Lilás da ANTT

Desde 2006 agosto é considerado o mês do enfrentamento à violência contra a mulher, conhecido também como, “Agosto Lilás”. A Campanha foi criada em alusão à Lei Maria da Penha, sancionada em 7 de agosto de 2006, quando surgiu da necessidade de inibir os casos de violência doméstica no Brasil.

Na última semana a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), com o intuito de fomentar ainda mais o tema e a importância dele para o setor de transporte de cargas, realizou o workshop “Agosto Lilás no Transporte Rodoviário de Cargas (TRC) – Quebrando barreiras para a entrada das mulheres”.

O objetivo do evento foi estimular o debate acerca do combate à violência contra as mulheres e sua inclusão no TRC, mostrando medidas tomadas pelas entidades do setor. O workshop contou com a participação do Movimento Vez e Voz, uma iniciativa do SETCESP (Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região), que visa valorizar as mulheres que trabalham no setor de transporte rodoviário de cargas, fomentar o crescimento profissional delas no segmento, e atrair novos talentos para o TRC.

O Vez e Voz possui um índice de equidade no transporte rodoviário de cargas, e um dos tópicos dele é o de violência doméstica. A coordenadora do Movimento e gerente de comunicação do SETCESP, Camila Florencio, esteve presente no evento e ressaltou a importância das empresas estarem preparadas para identificar e acolher esses casos “hoje em mais de 96% dos casos de violência doméstica o agressor é um homem e a vítima é uma mulher. Precisamos olhar para o assunto, discuti-lo e conscientizar a todos sobre isso”.

As três mulheres da esquerda para a direita: Suzana Soncin, Eliana Costa e Camila Florencio

Quem também esteve presente no workshop foi Gislaine Zorzin, diretora administrativa da Zorzin Logística e vice-coordenadora do Vez e Voz. A empresária falou da importância das pessoas entenderem a gravidade da violência doméstica contra mulheres “no Vez e Voz falamos muito sobre esse tema, porque às vezes a pessoa está passando por essa situação e não sabe como solucioná-la. Por isso é muito importante conscientizarmos as vítimas e a sociedade. ”.

O evento contou com a participação de representantes da ANTT, além de outros movimentos ligados às mulheres no TRC, como, por exemplo, o Rota Feminina, a Voz Delas, e Mulheres na Regulação. E também ocorreu a assinatura do Manifesto em Prol da Mulher no Setor de Transporte Rodoviário de Cargas. Participaram da assinatura a diretora adjunta do Instituto de Transporte e Logística (ITL), Eliana Costa,  a representante do movimento Vez e Voz, Camila Florêncio, e do movimento Rota Feminina, Suzana Soncin.

Violência contra a mulher
Truckscontrol
Compartilhar

Deixe um comentário