Scania500K

Programa consolida Iveco no caminho mais sustentável

Pinterest LinkedIn Tumblr +
Consorcio-Fenatran2024

Brasil Natural Power tem a missão de desenvolver um ecossistema estruturado e produzir veículos comerciais movidos a combustíveis alternativos.

Mais que agenda institucional, o ESG se tornou o norte para empresas de diferentes segmentos atuarem com mais ênfase em temas ambientais, sociais e de governança. No setor de transportes, a abordagem ganha ainda mais importância, em função da utilização de combustíveis fósseis nos veículos.

Mas a mudança está a caminho. Nesse sentido, a Iveco utiliza a expertise global da marca no desenvolvimento de produtos com tração alternativa e apresenta o Brasil Natural Power, programa que tem a missão de desenvolver um ecossistema estruturado e produzir veículos comerciais – cargas e passageiros – movidos a combustíveis alternativos.

Com aporte de R$ 60 milhões, a iniciativa visa atender as peculiaridades operacionais do transporte no Brasil e tem início pela utilização do gás natural e do biometano.

“O futuro é construído por ações realizadas no presente, e é com esse pensamento que a Iveco realiza iniciativas concretas, como o Brasil Natural Power, no sentido da descarbonização e da promoção de um transporte mais limpo. A Iveco não para e continuaremos em movimento buscando soluções inovadoras e transformando produtos e serviços em sustentabilidade e produtividade para nossos clientes”, diz Marcio Querichelli, presidente da Iveco para a América Latina.

O pontapé inicial da montadora será por meio da venda assistida de 20 unidades, em operações que serão monitoradas em grandes transportadores do Brasil até 2023, do Hi-Way NG 6X2 600S46T, movido a gás natural pelo motor Cursor 13 de 460 cv de potência da FPT Industrial. A operação é realizada em parceria com um grande grupo econômico do setor de terceirização de frotas. Também participam do programa a Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás), intermediando a relação com a rede de distribuição para promover a expansão da infraestrutura do gás natural no Brasil; a ZF, com a produção da transmissão que equipa os caminhões; e a Bosch, que reunirá os dados do veículo e utilizará a informação como parâmetro para, em conjunto com a montadora, implementar melhorias na versão de produção em série do produto, baseado nas missões reais monitoradas.

Os caminhões que participam do programa, que demandou 70 mil horas de desenvolvimento, têm a melhor relação potência/economia do segmento, autonomia de até 500 quilômetros e validarão, do ponto de vista do cliente, em missões reais e diversificadas, a experiência do transportador e do motorista com a performance dos veículos.

Bernardo Brandão, diretor de Marketing e de Portfólio de Produto da Iveco para a América Latina, afirma que, a princípio, o Brasil Natural Power terá o gás natural e o biometano como base, mas destaca que outras opções de propulsão já estão sendo analisadas para o futuro. “A Iveco aposta no gás como uma alternativa viável no curto prazo para a redução de poluentes e com TCO atrativo para o transporte de cargas e pessoas. Já temos essa tecnologia consolidada, e ela servirá como ponte para os próximos passos do programa. É importante destacar que o futuro da propulsão alternativa é composto por uma matriz com diversas tecnologias, e as soluções devem ser combinadas pensando nas missões e objetivos dos nossos clientes. Nós, da Iveco, já estamos nos preparando para isso” explica Brandão.

“Mais do que o lançamento de um produto, a Iveco está criando um programa estruturado, com parceiros estratégicos em vários setores para viabilizar a propulsão alternativa para os transportadores brasileiros”, completa Brandão.

A Iveco tem ampla experiência na utilização do gás natural em seu portfólio. Na Europa, são aproximadamente 35 mil veículos da marca rodando com o combustível e na América Latina, duas mil unidades.

Na Argentina, a montadora se destaca neste cenário como a primeira do país a ter o certificado de homologação para fabricar caminhões movidos a gás natural comprimido (GNC), com a licença LCM (Model Configuration License) para o Tector 160E21 e com como a entrega de 100 unidades do Stralis NP Cursor 13 GNC para a NRG Argentina SA, fornecedora de areia de fratura para a indústria petrolífera, em especial na região de Vaca Muerta, próximo à Patagônia, onde está localizado um dos maiores reservatórios de petróleo e gás do mundo.

Em outros países da América do Sul, produtos da Iveco para o transporte de cargas e de passageiros rodam movidos a gás. No Chile, destaque para a empresa de transporte San Gabriel que adquiriu 35 unidades do Stralis NP GNL (Gás Natural Liquefeito) 4×2 Euro VI. Na Colômbia, a Iveco venceu a licitação promovida pela prefeitura do município de Valledupar, por meio de pregão, para fornecer 130 micro-ônibus encarroçados sobre o chassi modelo Daily Scudato 70C14G, CNG que atuarão no transporte local de passageiros.

IVECO Hi-Way NP 600S46T 6×2

Destaques do caminhão:

Motor a gás mais potente do mercado com o melhor consumo de combustível;
Driveline mais avançado a ser utilizado em um caminhão a gás no Brasil;
Redução de até 95% na emissão de CO2 e material particulado, além de operação mais silenciosa (redução da poluição sonora);
Maior capacidade volumétrica dos cilindros de gás do mercado, com a maior autonomia;
Configurações pensadas para a realidade e aplicações das missões brasileiras.
Dados técnicos:

Motor FPT Industrial Cursor 13

Potência 460 hp @ 1900 rpm
Torque 2000 Nm
Torque constante 1100 a 1600 rpm
Cilindrada 12900 cc
Configuração 6 Cilindros em linea
Combustível Gás Natural/Biometano
Taxa de Compressão 12:1
Normativa emissões Euro VI

Entre Eixo 3200/3500 mm

PBTC 53000 kg
CMT 60000 kg
Tara (GNC) 9450/9500 kg
Capacidade 960 L (EE3500)/800L(EE3200)
Configuração Sistema (CNG) (4 x 120L + 4 x 120L)
800L
(4 x 100L + 4 x 100L)
Autonomia* Até 550km/400km
Configuração de eixos 6×2
Eixo traseiro MS 18X Meritor
CMT Legal 53.000 kg
Relação diferencial 3.08
Pneumático 295/80R22.5
Rodas Alumínio
Suspensão Dianteira 8000/6000 kg
Suspensão Traseira Metálica 22.000 kg

Caixa de câmbio ZF Traxon 12 TX 2621TD
Marchas 12 +2r
1era 16.6
12 1
1c –
Tipo Direct Drive
Controle Automatizado
Eco Roll SI

Truckscontrol
Compartilhar

Deixe um comentário