Consorcio-Fenatran2024

Segurança é prioridade para a gestão de frotas

Pinterest LinkedIn Tumblr +
Consorcio-Fenatran2024

Segundo pesquisa, capacitação profissional e redução de custos são outras preocupações dos gestores

A Trimble Transportation Latam, em parceria com a plataforma digital de educação Younder EdTech, realizou o estudo Tendências para a Gestão de Frotas em 2022. O levantamento contou com a participação de 200 profissionais do setor entre os meses de novembro de 2021 a janeiro de 2022 e mostrou a prioridade da segurança para os gestores de frotas.

Ela foi citada por 87,6% dos profissionais, seguido por capacitação dos motoristas com 83,2% e redução de custos, em terceiro lugar, citado por 77,83% dos participantes.

Segundo Ana Paula Delchiaro, Gerente de Marketing da Trimble Transportation Latam, o aumento na preocupação com a segurança pode estar relacionada à maturidade da gestão de frotas das empresas e ao nível de preocupação com os impactos dos acidentes . “Os dois itens mais mencionados pelos participantes da pesquisa – segurança, seguido de capacitação – andam juntos, uma vez que um dos pré-requisitos para se ter mais segurança é a mudança de comportamento e engajamento entre embarcadores, transportadores e motoristas”, comenta.

Depois de segurança e capacitação, redução de custos é o terceiro item entre os extremamente importantes para os gestores de frotas. “Aumento do custo do diesel, preocupações sobre produtividade e disponibilidade de frota permitem compreender o cenário atual. Especialmente, quando pensamos na aceleração das mudanças trazidas pelo contexto de pandemia vivenciado em 2020 e 2021”, afirma.

Segundo o levantamento, os pilares que orientam a gestão de frotas são segurança (78,3%), seguido da eficiência operacional (77,3%) e o bem-estar dos colaboradores (49,26%). Para apoiar a operação, os profissionais da área de frotas utilizam tecnologias como rastreamento, telemetria, gestão de combustível, controle de jornada e gestão de manutenção.

Investimentos

Os profissionais da área de logística entendem que há abertura para implantação de novas tecnologias que apoiem a gestão de frotas em suas empresas. Pouco mais de 60% dos entrevistados pretendem realizar algum tipo de investimento na área. Soluções como o sensor de fadiga e a telemetria aparecem entre as cinco ferramentas prioritárias para investimento em 2022. A Trimble Transportation Latam, responsável pela execução da pesquisa, oferece ao mercado estas e outras soluções tecnológicas para o setor de transportes. Empresas que implantaram as soluções da marca conquistaram resultados como zero acidentes fatais, 87% de redução de casos de fadiga e 78% de redução em ocorrências de excesso de velocidade.

Tecnologia é chave

Para os profissionais de gestão de frotas, em 2022, a tecnologia contribuirá com a eficiência operacional, apoiando a execução de processos-chave como monitoramento e controle de ocorrências com o veículo, carga ou motorista, gestão de combustível e manutenção de veículos.

A tecnologia também proporciona maior agilidade na tomada de decisão. Por meio do apoio à integração de diferentes fontes de dados, ferramentas atualizadas fornecem informações em tempo real e permitem automatizar processos e a conexão com áreas remotas. Esse conjunto proporciona à empresa transparência e rapidez na entrega de informações complexas e valiosas.

As soluções presentes no mercado contribuem diretamente para esses benefícios, ressalta Ana Paula. “A tecnologia de monitoramento por vídeo, por exemplo, pode ser integrada à telemetria para potencializar a análise de informações, pois possibilita comparar eventos da telemetria (frenagens, acelerações, curvas bruscas etc.) às imagens captadas pelo vídeo no mesmo momento. Assim, é possível compreender o que motivou o desvio”, conclui.

O Relatório Tendências para a Gestão de Frotas em 2022 pode ser acessado pelo site https://bit.ly/3tT3HLO.

 

Truckscontrol
Compartilhar

Deixe um comentário