VWCO Meteor da Paixão

Tector a gás tem autonomia de até 350 km

Pinterest LinkedIn Tumblr +
Consorcio-Fenatran2024

Fabricado na Argentina, caminhão da Iveco desenvolve 204 cv de potência e torque de 750 Nm

Os mercados de médios e semipesados do Brasil já conhecem a versatilidade dos caminhões da linha Tector da Iveco. O portfólio, que conta com versões de 9 a 31 toneladas, ganha agora uma nova geração ainda mais eficiente, moderna, confortável e alinhada com os padrões internacionais de restrição às emissões Euro VI.
Nesta edição da Fenatran, a montadora também apresenta o Tector 16-210 NG, o primeiro modelo da linha movido a gás natural e biometano. O caminhão, que já é fabricado na planta da Córdoba, na Argentina, tem um sistema de armazenamento com capacidade total de 120 m³ de combustível, o que possibilita uma autonomia de até 350 km.

Com motor FPT N60 NG, de seis cilindros, fabricado pela FPT Industrial, desenvolve 204 cv de potência e torque de 750 Nm. “A gama Tector de semipesados é a mais moderna do mercado latino-americano. Já tínhamos versões com a consagrada transmissão automatizada Auto-Shift, e, agora, ampliamos o portfólio com um modelo GNV. Está no nosso DNA atrelar versatilidade, sustentabilidade e tecnologia, sempre com foco total no cliente”, destaca Ricardo Coelho, diretor de desenvolvimento de Produto da Iveco para a América Latina.

Pesando 16 toneladas, com seis cilindros, cada um com 80 litros, totalizando em 480 litros de capacidade total, o Tector 16-210 NG proporciona até 350 km de autonomia com um único abastecimento, além de potência e baixo nível de emissões gasosas e sonoras. O veículo possui suspensão parabólica, motor Ciclo Otto e caixa de câmbio mecânica de seis marchas.

O Tector 16-210 apresenta redução de custos em relação aos modelos convencionais. O produto também não deixa a desejar no quesito conforto e estética e mantém a já consolidada e elogiada cabine premium da linha.

EURO VI

Preparada para atender às diversas demandas do transporte, desde o varejo à construção civil, e já reconhecida por transportadores e motoristas pelo seu baixo custo operacional, potência e conforto, a nova linha Tector tem as suas características aprimoradas.

A geração Euro VI conta com 100% do line-up com cabine premium e novos componentes de segurança. Além disso, os caminhões possuem tecnologia que permite a redução de emissões de poluentes, principalmente NOx, partículas e CO2. A nova linha estará disponível a partir de janeiro de 2023 em toda a rede da Iveco, entre concessionárias e pontos de atendimento, com cobertura em 100% do território nacional.

Os caminhões Tector Euro VI foram desenvolvidos para reduzirem em 80% as emissões de óxido de hidrogênio (NOx), em mais de 70% os hidrocarbonetos não queimados e em 50% as de material particulado. Além dos benefícios para o meio ambiente, a nova geração também consome menos combustível em comparação aos equivalentes equipados com motor Euro V. Completa e diversificada, a linha possui três versões de equipamentos, com itens se série e opcionais, que se adaptam a necessidade de cada cliente.

– Standard: (versão específica para licitação e venda direta): ATC/ASR & Hill Holder, vidro elétrico, trava elétrica, banco motorista pneumático, retrovisor auxiliar lateral na porta do passageiro, para-brisa degradê, chave geral e pré-disposição para rádio.
– Comfort: todos os itens da Standard mais rádio com comando no volante, retrovisor elétrico, ar-condicionado manual e farol de neblina.
– Tech: todos os itens da Comfort mais viseira para sol, ESC e lanterna de LED.

Além de novos motores FPT da Série NEF, os caminhões Euro VI também ganharam:

– Transmissão Auto-Shift com novo comando de câmbio instalado no painel de instrumentos, o que promove uma melhor ergonomia para o motorista. Além disso, foram desenvolvidas oito novas funções de calibração.
– Inserção da entrada para a mangueira de ar da cabine; • Ajustes de ergonomia;
– Novo cluster;
– Banco motorista e passageiro com novo design;
– Nova entrada USB;
– Novos botões do ar-condicionado;
– Novo porta cartões;
– Novos portas-objetos

Já entre os opcionais, estão: volante multifuncional, porta-documento, para-choque metálico, faróis de neblina, ESC (Sistema de Controle de Estabilidade) e lanternas de LED.

Para Ricardo Barion, diretor Comercial da Iveco, o sucesso da linha Tector no transporte de cargas tem sólidas explicações. “As versões da gama são robustas, versáteis, se destacam pelo baixo consumo de combustível e Custo Total de Propriedade. Esses fatores, aliados à redução de emissões do Euro VI e a sustentabilidade do modelo GNV, irão garantir o sucesso comercial nos segmentos médio e semipesados com foco na rentabilidade do cliente”, finaliza Barion.

Truckscontrol
Compartilhar

Deixe um comentário