Consorcio-Fenatran2024

VM 270 conquista liderança pela primeira vez

Pinterest LinkedIn Tumblr +
Consorcio-Fenatran2024

Com 4.732 emplacamentos, caminhão foi o semipesado mais vendido do Brasil em 2022

No total, a Volvo entregou 24.093 caminhões (crescimento de 10%) em 2022, sendo 18.747 veículos somente na classe dos pesados. “Ficamos com 29% de market share, quase um terço do mercado de pesados. É uma marca histórica”, declara Alcides Cavalcanti, diretor executivo de caminhões da Volvo do Brasil

Com 8.317 unidades emplacadas na versão 540cv, o modelo Volvo FH ocupa o topo do ranking de vendas de caminhões pesados no País pela 10ª vez, sendo a quinta consecutiva, período em que também liderou em todas as categorias de peso. “É um veículo consagrado, que dá alto retorno ao transportador em economia de combustível, robustez, eficiência operacional e segurança, atributos que se destacam ainda mais na nova série Euro 6, que está chegando ao mercado agora”, assegura Cavalcanti.

Também na linha VM a Volvo teve uma ótima performance. Voltados principalmente para operações regionais, de média distância, ou vocacional moderado, os caminhões VM registraram um forte aumento nas vendas, com 8.676 unidades entregues, na soma das versões semipesadas e pesadas. “Foi o maior volume em toda a história do VM. Expandimos a comercialização em 38% nesse último ano”, afirma Cavalcanti.

Com 4.732 emplacamentos, o VM 270 foi o semipesado mais vendido do Brasil em 2022. “Foi a primeira vez que um dos modelos VM lidera em vendas. Mostra que a aceitação é crescente, o que é ainda mais especial se considerarmos que esse é um segmento competitivo”, argumenta o executivo.

A nova geração do modelo já começou a chegar nas concessionárias da marca. Na versão Euro 6 o VM traz um novo motor, de fabricação própria da Volvo, que ficou até 10% mais econômico e com potências maiores (290cv e 360cv), além de diversos outros avanços.

VOCACIONAIS

Outro importante resultado ocorreu com os veículos fora de estrada. A Volvo, que já possui uma robusta posição neste segmento, experimentou uma elevação de 46% nas vendas deste tipo de caminhão, dirigido para aplicações mais severas, condições extremas e topografias mais acidentadas. Os segmentos vocacionais que mais se destacaram em entregas foram o da construção (crescimento de 80%) e mineração (crescimento de 70%).

Truckscontrol
Compartilhar

Deixe um comentário