Scania500K

Volkswagen comemora liderança em ano de renovação de portfólio

Pinterest LinkedIn Tumblr +
Consorcio-Fenatran2024

Vice-presidente da montadora, Ricardo Alouche ressalta o esforço da marca para atender os anseios do cliente

Manter a liderança de mercado num ano de renovação de portfólio é um desafio que a Volkswagen venceu e está comemorando. No ano passado, segundo a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), a montadora obteve 25,9% de participação em todos os segmentos de caminhões.

“Fizemos a transição da tecnologia Euro 5 para a Euro 6 com uma linha de produtos absolutamente remodelada. E, quando o mercado nos coloca como líder em um ano de lançamento de portfólio de produtos, isso enaltece todo o trabalho feito previamente”, afirma o vice-presidente de Vendas, Marketing e Pós-Vendas da Volkswagen Caminhões e Ônibus, Ricardo Alouche.

Em entrevista para a Revista Carga Pesada, o executivo ressaltou o esforço da marca para atender os anseios do cliente, que seria a principal razão da liderança do mercado. “Ninguém é líder por acaso”, disse, emendando o tradicional slogan da montadora: “Menos você não quer, mais você não precisa”.

Alouche diz que a Volkswagen não faz adaptações de produtos importados e produz no Brasil caminhões “na medida certa para o cliente ter a melhor rentabilidade”.

O executivo se mostra bastante otimista em relação a 2024, citando a estimativa da Associação Nacional de Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) de que o mercado de caminhões vai crescer 15%.

O bom momento da agricultura, o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) retomado pelo governo federal, a baixa na Selic e na inadimplência são fatores que, na visão do vice-presidente, justificam o otimismo.

Sobre a Fenatran, que será realizada em novembro em São Paulo, Alouche diz que não se deve esperar grandes novidades, tendo em vista os “fortíssimos” investimentos feitos nos últimos anos pelas montadoras para atender a legislação Euro 6. “A Fenatran deste ano será uma Fenatran renovada, com linhas absolutamente renovadas, estabilizadas, com preços também estabilizados. Na minha visão, será uma Fenatran de negócio.”

A entrevista completa com Alouche estará na nova edição digital da Revista Carga Pesada, que será publicada na semana que vem. Não deixe de ler.

Truckscontrol
Compartilhar

Deixe um comentário